segunda-feira, 29 de junho de 2009

Peregrinação Paroquial – A ultima entrada

Há semelhança do que fiz com o Acantonamento, também partilho aqui uma ultima entrada onde se recorda todas as entradas no nosso blogue sobre o que foi mais um grande sucesso deste ano, a Peregrinação Paroquial a Fátima.
Assim podemos sempre recordar tudo nas seguintes entradas:

-->> Quero Ter Um Coração Bonito: Peregrinação das Crianças a Fátima
-->> Oração de Envio
-->> A viagem para Fátima
-->> Vigília da Noite
-->> Acampar
-->> De manhã
-->> Eucaristia
-->> Almoço
-->> 1001 Flautas para Jesus
-->> O resto da tarde
-->> A viagem de regresso
-->> Peregrinação Paroquial por Inês Simões

Espero sinceramente que para o ano voltemos todos a “caminhar” de novo até Fátima e com a pequena diferença de tentarmos arranjar um espaço em comum para todos passarmos a noite e não haver a necessidade de montar tendas para “2 horas” de sono, enquanto poderemos talvez todos Acantonar.
Eu gostei muito desta actividade, tal como do Acantonamento e só tenho pena que aqui no blogue o Acantonamento tenha gerado muito mais comentários, mas é obvio que vão a tempo de comentar também nesta ultima…


2 comentários:

agr1243 disse...

Só quem não esteve presente poderá dizer que não gostou. Como é lindo ver uma comunidade caminhar e crescer com os pilares assentes na juventude (que me perdoem os menos jovens, também eles fundamentais neste movimento). Isto é Igreja, isto é amor pelo outro. Uma paróquia, 2 comunidades, um objectivo comum.
Para esse objectivo não basta querer, há que saber e todos temos muito que aprender.
Queremos ter um coração bonito, e isso leva-nos a reconhecer, sem melindre, que ainda nem tudo é perfeito... Há arestas para limar, há que comunicar, escutar... sentir.
Apenas não podemos esquecer que para além de nossos curtos horizontes... eis que há mais... incomparávelmente mais...
Um abraço de amizade e admiração:
João Oliveira

Ana Palma disse...

Nunca tinha estado em Fátima em dias de grande peregrinação, confesso que continuo a apreciar o sossego e recolhimento dos dias menos agitados. No entanto a emoção de entrar no Santuário repleto de crianças, para uma Eucaristia em que as vozes do coro eram infantis será inesquecível. Estas crianças são a nossa Igreja hoje e a promessa da Igreja de amanhã.
Os momentos de partilha entre «avós, pais e netos» deixarão com certeza os seus frutos nas memórias de todos.
Para a nossa comunidade foi mais um momento de comunhão e crescimento.

Ana

Enviar um comentário

Related Posts with Thumbnails